3 de março: parabéns pelo Dia do Médico Otorrinolaringologista

Postada em 3 de março de 2021 as 05:05
Compartilhe:


É comum as pessoas pensarem que o otorrinolaringologista (otorrino, como é popularmente chamado) só deve ser procurado quando ocorre alguma dor no ouvido, nariz ou garganta. Mas isso vem mudando, na medida em que o ambiente das grandes cidades gera várias agressões à saúde.

Cada dia mais, o médico especializado em otorrinolaringologia é procurado para investigar e tratar quadros de tontura, zumbido, diminuição da audição, rinite, ronco, distúrbios de fala e de voz, entre outros.

A especialidade surgiu no Brasil em 1911. Em 1938 foi realizado o 1º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia, dando o primeiro passo para a organização da especialidade em âmbito nacional. Ao longo de pouco mais de um século, a especialidade cresceu e ganhou abrangência.

É muito importante ter um dia dedicado a ampliar a visibilidade e a compreensão, junto à população, sobre essa área da saúde. O dia 3 de março foi escolhido por já ser a data em que é comemorado o Dia Mundial da Audição.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 900 milhões de pessoas podem vir a ter surdez até 2050. Este dado mostra o quanto é importante consultar com mais freqüência o otorrinolaringologista.

Em levantamento recente, de 2018, o Censo da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) registrou a proporção de um otorrinolaringologista para cada 24.024 brasileiros. Embora esse número venha crescendo, grande parcela da população ainda não faz desse campo da saúde uma das suas prioridades.

Por tudo isso, o Sindimed-BA faz questão de registrar a data, ao tempo em que parabeniza todos os médicos que se dedicam a essa importante especialidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Saúde mental

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.