Ação do Sindimed para a Campanha Setembro Amarelo é boicotada

Postada em 11 de setembro de 2017 as 14:06
Compartilhe:


img_2327

A ação de divulgação do Setembro Amarelo nas Gordinhas foi feita nos dias 2 e 8, porém não durou muito tempo

 

A participação plena do Sindimed na Campanha Nacional Setembro Amarelo 2017 vem sendo prejudicada por desconhecidos que por duas vezes retiraram a tradicional vestimenta amarela colocada nas esculturas As Meninas do Brasil, da artista Eliana Kertész.

Popularmente chamadas de As Gordinhas de Ondina, as esculturas tornaram-se uma espécie de símbolo de causas de interesse social, entre as quais a campanha de prevenção ao suicídio, deflagrada anualmente em setembro e que tem o amarelo como cor oficial (em outras campanhas de interesse social, elas são vestidas com suas respectivas cores).

No ano passado, o Sindimed também vestiu as Gordinhas de amarelo, sem que ninguém tivesse criado problema, cumprindo assim a missão abraçada de chamar a atenção para a causa. Iniciado no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria, o Setembro Amarelo realizou as primeiras atividades em 2014 e gradativamente conquistou a simpatia e a adesão de outras pessoas e instituições. 

Autorização entregue

O ato de vandalismo aconteceu nos dias 2 e 8 passados, por pessoas (ou órgão público) não identificadas. Procurada, a Prefeitura de Salvador informou não ter sido a responsável pela retirada das vestimentas. Foi inclusive apresentado ao órgão um documento de autorização assinado por Eliana Kertész em vida, documento este utilizado para a campanha do ano passado. Por fim, resta a dúvida sobre a quem interessa atrapalhar uma iniciativa voltada unicamente à preservação da vida e em prol de mais informação e debate sobre o grave assunto do suicídio junto à sociedade.

Apesar do que parece ser um boicote, o presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, avisa que continuará realizando as ações previstas para a campanha, como a divulgação da série de vídeos com artistas e profissionais de saúde, alertando para a importância do tratamento correto das doenças mentais, que podem resultar em suicídio. Estas ações podem ser conferidas no nosso canal do YouTube e página do Facebook. Além dos vídeos, a edição de setembro do Projeto Fim de Tarde terá o assunto como tema no dia 29.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.