Assembleia hoje define posicionamento sobre intimação de duplo vínculo da Prefeitura

Postada em 19 de setembro de 2017 as 21:18
Compartilhe:


O Sindimed buscou interlocução com o Tribunal de Contas do Município (TCM), diante da intimação da Prefeitura de Salvador aos médicos com mais de um vínculo público, para saber se a determinação partiu mesmo do Tribunal. O seu presidente, Francisco Neto, confirmou a solicitação feita os municípios, mas esclareceu que não determinou os documentos a serem apresentados.

Durante a reunião, o conselheiro informou que além de não definir a documentação exigida – que é prerrogativa da Prefeitura -, estabeleceu um prazo de 60 dias para que os municípios respondessem ao TCM. O edital foi publicado no dia 11 de agosto.

Ficou claro para o Sindimed que a intimação, com as características de exigências e numero de documentos, foi uma definição da Prefeitura. E o curto prazo de 10 dias, dado pela gestão municipal para apresentação dos documentos, é por conta de uma falha da Prefeitura, que esperou um mês para despachar as notificações.

Na realidade, se o prazo original de 60 dias dado pelo TCM tivesse sido repassado de imediato aos médicos, não haveria problemas para a apresentação do que está sendo pedido. Ou seja, por conta da desorganização da gestão, querem agora penalizar os médicos.

Caminhos abertos

O posicionamento do conselheiro Neto, entretanto, é de flexibilidade. Ele se disse disposto a conversar com o secretário de Saúde para que os médicos não sejam prejudicados e aventou, inclusive, a possibilidade de dilatar o prazo inicialmente estipulado pelo TCM.

O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães e o vice, Luiz Américo, relataram ao conselheiro a angústia e revolta causada aos profissionais pelas exigências da Prefeitura, uma vez que alguns documentos exigidos não são expedidos em curto prazo e outros sequer são viáveis, dado o tempo de serviço dos concursados mais antigos que, em alguns casos, é superior a 30 anos.

Nesta quarta-feira (20), os médicos da Prefeitura de Salvador se reunirão em assembleia, às 19h30, no Sindimed, quando será feito um relato mais minucioso da reunião com o TCM. A reunião contará também com a advogada do Sindicato, que orientará o posicionamento coletivo da categoria.

ASSEMBLEIA HOJE – 19h30, no Sindimed

Pauta: Intimação vínculo duplo  /  Corte gratificação REDA  /  Retroativo promoção PCCV

 

reuniao_tcm

Em reunião, nesta terça (19), o conselheiro do TCM, Francisco Neto, conversou
com os representantes do Sindimed

Leia matéria anterior. Clique AQUI.



Uma resposta para “Assembleia hoje define posicionamento sobre intimação de duplo vínculo da Prefeitura”

  1. […] do prazo, como, aliás, já foi sinalizado positivamente pelo presidente do órgão (leia aqui). Outra iniciativa do Sindicato será ingressar com uma representação no Ministério Público […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.