Santo Amaro: médicos da linha de frente Covid com salários atrasados e sobrecarga de trabalho

Postada em 17 de dezembro de 2020 as 17:50
Compartilhe:


Mais uma denúncia de falta de pagamento chegou ao Sindimed-BA, dessa vez dando conta de que no município de Santo Amaro cerca de nove  médicos estão sem receber seus proventos referentes ao mês de setembro, quando a gestão das unidades de saúde estavam a cargo da empresa ASM.

O Sindicato já enviou ofício ao secretário de Saúde de Santo Amaro, Holmes Filho, cobrando resolução para os problemas que vêm ocorrendo no município. Os médicos relatam que há uma controvérsia entre a prefeitura e a empresa de gestão, que alega não ter recebido o repasse completo para honrar os salários.

Diante de reiteradas situações difíceis relatadas pelos médicos, estão havendo pedidos de desligamento dos seus vínculos sem a necessária reposição das vagas, o que compromete o serviço dos médicos que continuam a prestar seus serviços, com sobrecarga de jornada e de trabalho.

A situação dos médicos do município pode chegar a um ponto de exaustão tal que não suportem mais os plantões. É importante que a prefeitura seja célere numa solução para, inclusive, evitar a desassistência à população.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.