• A prefeitura de Salvador está promovendo hoje, sexta feira 28/05, um novo mutirão para o cadastro das pessoas com as doenças crônicas (comorbidades). As 155 unidades básicas da capital baiana participarão com o objetivo de facilitar o acesso desse público à vacina contra a Covid-19. O mutirão visa alcançar pessoas com mais de 18 anos e com agravos como diabetes e hipertensão, por exemplo. Quem, nesse situação, e que ainda não foi cadastrado no sistema da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) deve comparecer aos postos entre as 8:00h e as 16:00h, onde terá acesso à consulta com médico para inclusão no sistema. Para maiores informações, os interessados devem acessar o site da prefeitura no seguinte endereço (http://informe.salvador.ba.gov.br/coronavirus/todas-noticias/958-cronograma-de-vacinacao-22-03-a-26-03).

    Prefeitura abre novo mutirão para cadastro de comorbidades...

    A prefeitura de Salvador está promovendo hoje, sexta feira 28/05, um novo mutirão para o[...] Saiba +
  • A prefeitura Municipal de Salvador está promovendo um mutirão hoje, terça dia 25/05, para a aplicação da segunda dose das vacinas de Oxford e da CoronaVac. As pessoas que estão com retorno agendado até o dia 28/05 podem procurar um dos postos de vacinação oferecidos pela Secretaria de Saúde para antecipar sua imunização. Vale lembrar que a segunda dose deve ser da mesma vacina que a pessoa recebeu na primeira dose. Confira no seu cartão de vacinação e veja abaixo a listagem de postos para cada um dos imunizantes. 2ª DOSE CORONAVAC (8 às 16h) Drive: Unijorge Paralela; Universidade Católica de Pituaçu; 5º Centro de Saúde; FBDC Brotas Ponto fixo: 5º Centro de Saúde; USF Vista Alegre; UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras); UBS Eduardo Mamede (Mussurunga); Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros); UBS Ramiro de Azevedo (Campo da Pólvora); Unijorge Paralela; Universidade Católica de Pituaçu; FBDC Brotas 2ª DOSE OXFORD (8 às 16h) Drive: Centro de Convenções; Arena Fonte Nova; Parque de Exposições; Atakadão Atakarejo; FBDC Cabula; Barradão; PAF Ondina; Faculdade Universo (Av. ACM); Shopping Bela Vista; USF San Martim III. Ponto fixo: USF Curralinho; Barradão; USF Federação; USF Fernando Filgueiras (Cabula IV); USF Teotônio Vilela II (Nova Brasília de Valéria); Parque de Exposições; USF Resgate; USF Vale do Matatu; USF Cajazeiras X; USF Colinas de Periperi; USF Vila Nova de Pituaçu; USF Plataforma; USF João Roma Filho (Jardim Nova Esperança) Para mais informações acesse o site da Secretaria de Saúde do Município no endereço: http://www.saude.salvador.ba.gov.br/covid-19-saude-realiza-mutirao-de-aplicacao-da-segunda-dose-em-salvador/

    Mutirão para segunda dose da vacina contra Covid...

    A Prefeitura Municipal de Salvador está promovendo um mutirão hoje, terça dia 25/05, pa[...] Saiba +
  • Covid-19: prefeitura esclarece vacina e eventos adversos...

    A prefeitura de Salvador lançou um infográfico (abaixo) contendo os números sobre reaç[...] Saiba +
  • 19 de maio: Dia Mundial de Doação de Leite Humano...

    Rico em água, vitamina, proteínas e nutrientes, o leite humano é o mais indicado para a[...] Saiba +
  • Covid-19: informes epidemiológicos da Bahia e Salvador...

    Na Bahia, até o dia 15 de maio de 2021, tivemos 952.796 casos confirmados de COVID-19, se[...] Saiba +
  • 17 de maio: Dia Mundial da Hipertensão Arterial...

    Para destacar a data e o próprio maio, Mês Mundial da Hipertensão Arterial (HÁ), o Min[...] Saiba +
  • A falta de insumos e equipamentos de proteção individual (EPI) para os procedimentos e cirurgias levou os funcionários do Hospital Universitário Professor Edgard Santos – Hupes (Hospital das Clínicas) a decretar greve por tempo indeterminado, a partir desta quinta-feira (13). A paralisação também se deve a questões trabalhistas junto à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra o Hospital. O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia (Sintsef-BA) informa, entretanto, que a paralisação está mantendo uma escala de serviço diferenciada nos setores críticos para que não ocorra desassistência. Segundo a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna, a situação preocupa muito os médicos, especialmente porque uma das principais queixas dos trabalhadores é que a Ebserh fornece material de má qualidade. Há relatos de que agulhas e seringas já chegam quebradas, os EPIs não têm qualidade nenhuma e faltam até luva para os procedimento. Os problemas de gestão refletem diretamente na limitação do atendimento aos pacientes. Os grevistas denunciam que atualmente, em plena pandemia, o Hospital está com menos de 10% dos leitos em operação. Outra questão grave que está sendo denunciada é a intenção da Ebserh de reduzir o valor do adicional de insalubridade, mudando a forma do cálculo – que hoje tem como referência o salário básico -, para colocar sobre o salário mínimo.

    Greve no Hospital das ClÍnicas...

    A falta de insumos e equipamentos de proteção individual (EPI) para os procedimentos e c[...] Saiba +
  • Acompanhe o Boletim Covid-19 do Sindicato...

    O Sindimed-BA tem publicado, sistematicamente, as principais estatísticas sobre a Covid-1[...] Saiba +
  • COVID-19: Situação epidemiológica e acompanhamento de leito...

    COVID-19 – BAHIA Comparativo entre os períodos de 01 a 30.03 e 01 a 30.04.2021 1- Na Ba[...] Saiba +
  • Vacine-se também contra Influenza...

    Vacine-se também contra Influenza Informe-se e participe dessa campanha de vacinação. [...] Saiba +

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.