• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    Costa do Cacau: MPT cobra da Sesab informações sobre transferência de médicos entre hospitais

    Postada em 4 de abril de 2018 as 17:25
    Compartilhe:


    Médicos que deveriam ser transferidos do antigo Hospital Regional de Ilhéus (Hospital Luiz Viana Filho) para o Hospital Costa do Cacau continuam cobrando transparência do governo do estado em relação ao caso. Em audiência nesta terça-feira (3) na Procuradoria do Trabalho do Município de Itabuna, foi estabelecido um prazo de 15 dias para o estado informar quais foram os critérios utilizados no processo.

    Novo hospital tem 225 leitos distribuídos entre as especialidades clínica médica, cirúrgica e Terapia Intensiva

    O procurador Ilan Fonseca de Souza requisitou à Sesab toda a documentação relativa à transferência dos servidores, tais como cópias de e-mail, atas de reunião, editais, chamamentos públicos, dentre outros. Se a exigência não for atendida, ele poderá estabelecer que um juiz obrigue o estado a absorver todos que deveriam ocupar suas funções no Hospital Costa do Cacau, inaugurado em dezembro de 2017.

    Perseguição

    Os médicos estão convencidos de que a transferência de profissionais, feita de forma apenas parcial, seguiu unicamente critérios políticos, de conveniência, dos gestores da saúde. Há queixas de que muitos clínicos foram preteridos neste processo e de que outros médicos chegaram a ser transferidos para o novo hospital, mas logo depois devolvidos ao estado, sendo outros contratados para substituí-los.

    Vale lembar que o governo paga ao Instituto Gerir (empresa terceirizada que administra o hospital) até mesmo pela mão de obra que não esteja sendo aproveitada no novo serviço. A expectativa antes do processo de transferêcia era de que todos os interessados fossem absorvidos. Mas a falta de compromisso dos gestores provocou grande insatisfação entre os médicos, que foram defender seus direitos junto ao Ministério Público do Trabalho, com o apoio do Sindimed.

    Na audiência de terça-feira (3) ficou também definido novo encontro no dia 8, às 16h, devendo a Sesab se fazer representar por um preposto e por um procurador do estado. Neste último encontro o Sindimed foi representado pelo dr. Pedro Roberto Silva e Silva; a Sesab por Dilson Luís de Matos Gomes e o Instituto Gerir/Hospital Costa do Cacau por Hernani Vaz Kruger.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.