1º de Maio: nossa homenagem aos médicos que dedicam seu trabalho ao bem maior da coletividade

Postada em 1 de maio de 2021 as 05:05
Compartilhe:


O 1º de Maio, internacionalmente comemorado como Dia do Trabalhador, surgiu a partir das lutas de trabalhadores por mais direitos. Essa data tornou-se feriado em diversas nações do mundo, onde ocorrem atos e manifestações da classe trabalhadora.

O Sindimed-BA, nesta data, presta uma homenagem a todos os médicos, trabalhadores incansáveis da saúde, cujas vidas são especialmente dedicadas ao bem maior da coletividade, fato que se destaca, ainda mais, neste momento em que o mundo atravessa a grave pandemia do Coronavírus.

A história da comemoração remonta aos movimentos trabalhistas que atuavam na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, no final do século XIX. As mobilizações haviam surgido em consequência da precarização do trabalho, após a Revolução Industrial. No contexto de Chicago, as péssimas condições levaram os trabalhadores a mobilizarem protestos em 1º de maio de 1886.

Era comum, por exemplo, que os trabalhadores fossem submetidos a condições laborais degradantes. A jornada de trabalho era superior a 12 horas por dia, sem direito a um dia de descanso. Os salários eram baixos e não havia preocupação com segurança nem salubridade, o que causava acidentes – muitas vezes fatais -, quando não o comprometimento da saúde dos trabalhadores.

No Brasil a data passa a ser feriado oficial em 1924, através do Decreto nº 4.859, de 26 de setembro daquele ano, assinado pelo então presidente Artur Bernardes. Além de ser um dia de descanso, o 1º de maio é uma data com ações voltadas para os trabalhadores.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Saúde mental

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.