Exposição a riscos e desrespeito aos médicos na maternidade do Roberto Santos

Postada em 24 de agosto de 2020 as 20:27
Compartilhe:


Em inspeção à maternidade do Hospital Roberto Santos, no dia 24 de agosto, o Sindimed-BA colheu relatos de que os médicos enfrentam dificuldades em receber as máscaras N-95. Além disso, reclamam dos constantes atrasos salariais e denunciam que não recebem o pagamento referente às férias. A presidente do Sindicato, Dra. Ana Rita de Luna, lembra que as máscaras N-95 precisam ser substituídas no máximo com 15 dias e não a cada mês, como vem ocorrendo na unidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.