Hospital Dantas Bião: Falta de estrutura ainda expõe médicos a risco da Covid-19

Postada em 21 de julho de 2020 as 16:11
Compartilhe:


Em visita ao Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas, no dia 15de julho, a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna, procurou identificar os principais problemas enfrentados pelos médicos da unidade. Há preocupações que envolvem medidas de segurança, já que o hospital tem UTI para Covid-19. E também o acompanhamento do respeito aos direitos dos profissionais.

Foi constatado, por exemplo, que, após a última visita do Sindicato não houve mais acúmulo de atraso mensal dos salários, como vinha ocorrendo sistematicamente. A empresa gestora – Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), responsável pelas contratações PJ, informa que os pagamentos referentes a junho estão previstos para ocorrer agora em julho.

Em relação às medidas de segurança relacionadas à Covid-19, o principal problema detectado foi que o conforto médico do hospital é utilizado de forma compartilhada entre os médicos que atuam na emergência e aqueles que estão destacados para a ala dedicada à Covid. Isso gera alto risco de contaminação. O hospital deveria providenciar locais separados para o descanso dos médicos.

Outra situação preocupante é com o grande número de médicos recém-formados na unidade dedicada a Covid, na medida em que vários procedimentos invasivos requeridos nessa área, como uma traqueostomia, por exemplo, demandam profissionais com maior experiência. Além disso, o Centro de Observação de Adultos foi transformado em área dedicada Covid e parte da Pediatria virou quarentena para casos suspeitos, dentro da janela imunológica.

Medidas de proteção

Por outro lado, o protocolo de admissão na UTI requer testagem negativa pra Covid e tomografia do tórax comprovando pulmões limpos. Outra medida importante foi o afastamento da linha de frente de médicos com idade e perfil na faixa do grupo de maior risco. Os cirurgiões recebem máscara N-95 a cada quinzena. Na área da emergência pra intubação existe o Kit com face shield e capa. E o fluxo de funcionários na área Covid é feito em área independente do pessoal de emergência.

O Dantas Bião apresenta superlotação. Pacientes Covid com necessidade de ventilação mecânica estão sendo regulados para Salvador. Cinco médicos cirurgiões já foram infectados, mais três da clinica médica. Um anestesista foi afastado, mas já retornou. Dos 578 trabalhadores que atuam na unidade, 487 fizeram exame para Covid, sendo que 23 testaram positivo, 453 foram descartados e 11 aguardam resultado. Não foi registrado nenhum óbito.

Nesse período da pandemia, a busca por atendimentos de baixa complexidade diminuiu, mas houve grande aumento para alta complexidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.