MÉDICOS DE MACAÚBAS AMEAÇAM GREVE A PARTIR DESTE SABADO

Postada em 29 de abril de 2016 as 18:04
Compartilhe:


A equipe médica do Hospital Regional Antenor Alves da Silva, em Macaúbas, decidiu que não prestará mais serviço na emergência nem em procedimentos eletivos a partir de 30 de abril. A principal queixa é o descaso do secretário de Saúde, Abílio Marcone, que mantém os salários em constante atraso. Os salários são pagos em forma de rodízio. A Secretaria de Saúde do município parece ter dividido o quadro dos médicos em dois grupos e paga, mês sim, mês não, em escala de revezamento entre os grupos.
 
Não haverá compromisso com a escala do mês de maio caso os pagamentos continuem em atraso. E na sequência dos próximos meses o atendimento será suspenso e a escala cancelada sempre que houver atraso dos salários.
 
Reuniões, conversas e promessas, como tantas já feitas, não satisfazem mais os médicos. Nada é honrado pelo prefeito José João Pereira. A paralisação já foi comunicada à Prefeitura desde o dia 13 de abril e o médicos enviaram ofício também à Promotoria de Justiça da Comarca de Macaúbas e à direção do Hospital Regional.
 
Os médicos decidiram pela greve como último recurso, após tentarem insistentemente a via do diálogo e da negociação direta com os gestores do município.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by Ajaxy

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.