Médicos de Salvador: manutenção da greve acompanhará decisão do conjunto dos servidores municipais

Postada em 13 de agosto de 2018 as 22:05
Compartilhe:


Reunidos em assembleia, na noite desta segunda-feira (13), os médicos do município de Salvador decidiram manter o alinhamento com o movimento geral dos servidores municipais, permanecendo a adesão à greve.

O Sindseps convocou assembleia para a próxima quarta-feira (15), quando volta a avaliar a paralisação e o processo de negociação em curso com a Prefeitura Municipal de Salvador.

Embora a Justiça não tenha julgado a greve ilegal, uma liminar obtida pela Prefeitura determina o retorno de 70% dos grevistas ao trabalho. Na área da saúde a determinação é de que 100% suspendam a paralisação.

O Sindimed vai acompanhar de perto a assembleia dos servidores, na próxima quarta-feira, quando poderá convocar os médicos para uma nova deliberação. A princípio, entretanto, a categoria seguirá as deliberações que forem tomadas pelo conjunto dos servidores.

O médicos seguirão firmes na luta pela valorização e o resgate da dignidade profissional, que vem sendo aviltada pelas condições precárias de trabalho e de remuneração a que está submetida a categoria.

Vale lembrar que os médicos do município estão sem a reposição da inflação desde 2014 e que, recentemente, perderam o direito à progressão automática na carreira, o que implica numa estagnação insuportável dos salários.

A valorização da categoria é fundamental para que com a melhoria das condições de trabalho seja mantida a prestação de serviços de qualidade à população, como sempre foi o compromisso fundamental dos médicos do município.

 

Médicos participarão da assembleia geral dos servidores, na quarta (15), quando decidem sobre a manutenção da greve


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by Ajaxy

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.