• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    Médicos de São Gabriel, na região de Irecê, repudiam demissões arbitrárias

    Postada em 17 de janeiro de 2018 as 13:52
    Compartilhe:


    Profissionais pedem que colegas não assumam postos de trabalho na região e Sindimed já acionou Ministério Público

     Os médicos do Município de São Gabriel, na região de Irecê, fizeram uma nota de repúdio a atual administração da saúde do local, que vem realizando demissões arbitrárias e coagindo os profissionais. Na nota, os profissionais se disseram atônitos com o que vem ocorrendo no município que está passando pelo o que chamaram de desmantelo do sistema de saúde.

    Os médicos relataram que receberam por meio do aplicativo WhatsApp um comunicado informando sobre redução de salário, sem nenhum tipo de comunicado prévio ou formalização por parte da gestão. Na ocasião, devido à mobilização, a gestão voltou atrás na decisão de reduzir os salários.

    Entretanto, uma das profissionais que esteve à frente do movimento foi demitida por telefone pela secretária de saúde do município, Camila Gomes. Esse fato causou comoção nos colegas que, por sua vez, também pediram demissão.

    Após o episodio de demissão coletiva, a prefeitura e a secretaria de Saúde começaram a ter diversas atitudes que ferem diretamente o código de ética médica. Passaram a oferecer os cargos desocupados a outros médicos, além de coagir profissionais que são de outras áreas a assumirem o plantão compulsoriamente, sob pena da perda de empregos.

    Os médicos chamaram atenção ainda para o fato de que está claro que a saúde não é prioridade da atual gestão. Segundo os profissionais, o prefeito, Hipólito Ferreira e a sua secretária de saúde Camila Gomes, não estão preocupados com a desassistência à saúde da população.

    A categoria fez um apelo para que os médicos não assumam plantões na cidade de São Gabriel, porque estarão ferindo o código de ética médica e enfraquecendo a luta que é de todos.

    O Sindimed está dando todo apoio aos profissionais e já fez uma provocação ao Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal solicitando uma audiência com representantes da Prefeitura Municipal de São Gabriel e da Secretaria de Saúde.



    2 respostas para “Médicos de São Gabriel, na região de Irecê, repudiam demissões arbitrárias”

    1. Mateus disse:

      Demissão o término do contrato??

    2. […] mobilização dos médicos do município de São Gabriel, na região de Irecê, tem apoio irrestrito do Sindimed. Desde o primeiro momento, o sindicato […]

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.