Médicos do município orientados sobre como entregar os documentos pedidos pela Prefeitura

Postada em 20 de setembro de 2017 as 21:35
Compartilhe:


A assembleia desta quarta-feira (20), com a participação do advogado do Sindimed, Renato Duarte, discutiu a questão dos documentos exigidos pela Prefeitura para ajuste dos vínculos de trabalho. A orientação do Sindimed é no sentido de que todos os profissionais façam a entrega das comprovações que conseguirem, apresentem justificativa por escrito daquelas que não existe possibilidade de obter e peçam a prorrogação do prazo para as demais.

O Sindimed continuará solicitando reunião com o Secretário de Saúde para tratar do assunto, no sentido de negociar o exíguo prazo dado pela Prefeitura e também irá diretamente ao Tribunal de Contas do Município (TCM) – de onde partiu a orientação original -, pedir a dilatação do prazo, como, aliás, já foi sinalizado positivamente pelo presidente do órgão (leia aqui). Outra iniciativa do Sindicato será ingressar com uma representação no Ministério Público para garantir esse mudança de prazo.

O Sindimed lamenta o nível de desorganização que a Prefeitura tem apresentado nesse episódio. A gestão está cobrando comprovações de dados que ela mesmo deveria dispor em seus arquivos e levou mais de um mês para notificar os médicos sobre o que havia sido demandado pelo TCM. Esse comportamento abusivo vem acarretando enorme sofrimento para os profissionais que se sentem angustiados na busca de documentos muitas vezes inexistentes.

tumultoprefeitura

A irresponsabilidade da gestão municipal tem provocado tumultos
insuportáveis e que seriam plenamente evitáveis se a Prefeitura agisse
com mais responsabilidade


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.