Sindimed faz nova manifestação de denúncia na UPA do Curuzu

Postada em 8 de outubro de 2020 as 17:22
Compartilhe:


A presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna e o diretor Dr. Gilvandro Rosa voltaram a manifestar publicamente o repúdio do Sindicato frente ao desrespeito e truculência que se instalaram na UPA Mãe Hilda, no Curuzu. Na segunda-feira, dia 5, no portão da unidade, chamaram a atenção da população e dos usuários para os desmandos que ocorrem na UPA.

Depois de assediar moralmente os médicos para que abram mão de seus vínculos CLT para serem recontratados como PJ, numa clara burla à legislação trabalhista, a direção da unidade já demitiu e transferiu médicos, numa clara retaliação às denúncias, sem levar em conta a população que necessita ser atendida.

Com veemência, a manifestação destacou os abusos perpetrados por essa gestão arbitrária que, inexplicavelmente, vem contando com a complacência do Governo do Estado. Alertado para o problema, o governador nada faz, desrespeitando a população e os profissionais que trabalham na unidade.

As dificuldades de atendimento nessa UPA tendem a se agravar, na medida em que nenhum médico pode assumir os postos de trabalho cuja vacância decorra de retaliação ao justo movimento de mobilização da categoria. Tal situação é prevista no Código de Ética, sujeitando qualquer profissional às penalidades previstas no ordenamento do Conselho Regional de Medicina.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.