O momento é de união, não de deslealdade!

Postada em 13 de dezembro de 2018 as 12:08
Compartilhe:


Num momento de mudanças importantes no país, em que a categoria médica se organiza para fortalecer sua representatividade no Parlamento, há colegas que fogem da luta. É o caso da médica e deputada Fabíola Mansur (PSB), que nesta quarta-feira (12) votou contra os servidores públicos baianos. Certamente, seu slogan Atitude e Paixão pela Bahia foi posto de lado enquanto a parlamentar ajudava a base governista a aprovar projetos de reforma administrativa, de aumento de 2% na alíquota de contribuição previdenciária (de 12% para 14%) e de alterações no Planserv.

Outro médico que votou a favor da reforma foi o deputado Alan Castro (PSD). Já o deputado, e também médico, Alan Sanches (DEM) votou contra, se posicionando ao lado dos servidores. O Sindimed fez sua parte, comparecendo todos os dias às manifestações contra a votação de medidas que aumentam ainda mais o arrocho salarial dos servidores do estado, entre os quais muitos médicos. O governo vem negando reajuste salarial há quatro anos e a majoração da alíquota previdenciária reduz ainda mais o poder de compra dos trabalhadores quando estes deveriam, sim, ter seus vencimentos atualizados.

Comprometimento

A panfletagem, a exibição de cartazes e de faixas do Sindimed foram uma constante nas áreas externa e interna da Assembleia Legislativa nos dias que antecederam a votação, além de intensa atuação nas redes sociais. Foram dias em que a resistência dos servidores conseguiu cancelar sessões destinadas à votação dos projetos governistas. Mas, os parlamentares contrários à vontade do povo acabaram dando um jeitinho de votar reunindo-se num espaço alternativo, já que o plenário estava ocupado por servidores inconformados com a traição que sofreram após expressiva votação que reconduziu Rui Costa ao comando do Executivo estadual.

Mas a vida segue, com a consciência do dever cumprido e o constante chamamento à categoria médica para que se una ao Sindimed num trabalho em prol da dignidade e do respeito aos profissionais de medicina. Novos desafios sempre se  apresentarão, exigindo união, coerência, articulação e luta. São bem-vindos todos os que possam contribuir de alguma forma.

Momentos antes da aprovação do PL, os diretores se mostraram atentos e esperaram contar com o voto negativo da deputada e também médica Fabíola Mansur. No entanto, a deputada votou a favor do pacote de maldades. Confira vídeo clicando abaixo:

CONFIRA AQUI A LISTA DE QUEM VOTOU A FAVOR DA REFORMA



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by Ajaxy

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.