Paralisação: novas adesões reforçam mobilização por um Planserv melhor e com justa remuneração

Postada em 8 de fevereiro de 2019 as 22:01
Compartilhe:


Cresce o número de adesões de médicos vinculados ao Planserv na paralisação iniciada dia 6 por um serviço de melhor qualidade e justa remuneração. Dentre as especialidades que aderiram, está a hemodinâmica do Hospital Santa Izabel. Nesta sexta-feira (8), a presidente do Sindimed-BA, Ana Rita de Luna, visitou o coordenador daquele setor, o cardiologista José Carlos Brito, que foi taxativo: “A dificuldade é enorme e o movimento é absolutamente justo; todos os especialistas devem se juntar a este movimento porque é este o momento de revertermos esta situação”.

Ana Rita de Luna obteve apoio de José Carlos Brito, coordenador da Hemodinâmica do Santa Isabel

Desde o primeiro dia, os profissionais seguem atendendo os casos de urgência e emergência, com interrupção apenas nos procedimentos eletivos. Brito argumentou, inclusive, que os médicos vêm encontrando grande dificuldade para atender aos pacientes do Planserv devido à impossibilidade de oferecer procedimentos mais adequados. “O Planserv, com grande frequência, rejeita os pedidos de atualização de procedimentos; há também o congelamento dos honorários médicos, há mais de 10 anos nas especialidades”, arrematou o cardiologista, que foi presidente da Associação Bahiana de Medicina (ABM).

A necessidade de uma recomposição da tabela e atualização dos procedimentos médicos tem sido uma reivindicação constante dos médicos, diante de uma postura insensível por parte do Governo da Bahia, que alardeia nos meios de comunicação que o serviço vem ‘funcionando muito bem’, a despeito das evidentes defasagens denunciadas pelos profissionais que atuam no dia a dia.

Até o início da noite desta sexta-feira, o movimento havia conquistado a adesão de especialidades como coloproctologia, cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia vascular, mastologia, cardiologia intervencionista, cirurgia de coluna, cirurgia de ombro e cotovelo, anestesia, urologia, otorrinolaringologia, hemodinâmica e ortopedia de quadril.

A mobilização vem ganhando força, com expectativa de participação ainda mais ampla. Neste sentido, a  presidente Ana Rita de Luna pede aos médicos que compareçam à grande assembleia marcada para a próxima quarta-feira (13), no Sindimed, em Ondina, às 19h, para discutir a continuidade da luta.

#recomposicaodatabeladehonorarios

#novasadesoes

#assembleianosindimed

#hemodinamica

#hospitalsantaisabel



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by Ajaxy

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.