Planserv: parte das reivindicações foi aceita e médicos voltam a atender consultas

Postada em 26 de julho de 2019 as 13:51
Compartilhe:


Sempre em sintonia com o bem estar coletivo e numa demonstração de boa vontade, os médicos baianos decidiram, em assembleia, na noite desta quinta-feira, 25 de julho, voltar a atender consultas pelo Planserv.

A decisão vem em função da sinalização dos gestores do plano em viabilizar o pagamento dos honorários médicos por meio de cooperativas e pessoas jurídicas e não mais através dos hospitais onde os atendimentos são realizados. Mas os médicos também alertam que a paralisação pode retornar, caso a definição anunciada não seja colocada em prática.

A aceitação desse item da pauta de reivindicações dos médicos, apresentada pelo Planserv, na semana passada, em mesa de negociação no Ministério Público do Estado (MPE), atende a uma necessidade dos profissionais que, muitas vezes, ficam reféns de contingências financeiras das empresas hospitalares.

A assembleia, entretanto, decidiu que os procedimentos cirúrgicos eletivos continuarão suspensos até o final do ano, já que não há previsão orçamentária para a atualização dos honorários médicos. Essa demanda poderá ser objeto de previsão no orçamento do Estado para o exercício de 2020, a depender da vontade dos gestores públicos, especialmente do Governador.

Vale ressaltar que os atendimentos de urgências e emergências são assegurados aos usuários do Planserv. Os médicos têm compromisso com a saúde e não podem continuar sofrendo pelo desrespeito com que o governo trata a categoria e os usuários do plano.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.