• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    População denuncia manipulação da saúde pública da região Sul da Bahia

    Postada em 18 de dezembro de 2017 as 22:53
    Compartilhe:


    O novo Hospital Costa do Cacau, que o Governo do Estado inaugurou no último dia 15 de dezembro, já é palco de denúncias. O perfil da unidade, o fechamento do Hospital Luiz Viana Filho sem uma definição sobre o destino dos pacientes e o aproveitamento dos funcionários concursados são apenas alguns dos problemas criados na região.

    O fato é que a maior parte dos trabalhadores do Hospital Costa do Cacau serão terceirizados enquanto que cerca de 300 concursados que trabalhavam no Hospital Regional de Ilhéus não foram aproveitados, acarretando gastos desnecessários para o erário público. Além disso, os concursados têm anos de experiência, enquanto que muitos dos terceirizados sequer passaram por processo seletivo.

    Dos 473 efetivos que trabalhavam no Hospital Regional, apenas 170 foram relocados para o Costa do Cacau. Os demais estão inseguros quanto os seus direitos e destino. O secretário de Saúde do Estado havia assegurado que todos os concursados do Luiz Viana Filho seriam reaproveitados no novo hospital, mas não cumpriu sua palavra.

    Sindicatos que representam as diversas categorias profissionais envolvidas pediram ao Ministério Público do Trabalho que questionasse os critérios adotados nas contratações do novo hospital. Mas o descaso do governo é tanto que nem representantes do Estado, nem da empresa Gerir compareceram às audiências e sequer justificaram a ausência.

    Risco de desassistência

    Essa mesma indiferença às demandas das entidades sindicais e da população, foi observada no processo de fechamento do Hospital Luiz Viana Filho. Não houve debate com a sociedade para avaliar as consequências. Assim, dezenas de pacientes internados no Regional estão sem assistência médica adequada, porque as equipes de saúde estão incompletas. A maioria dos profissionais, especialmente a categoria médica, foi deslocada para o Hospital Costa do Cacau.

    Também é preocupante a incapacidade do município de Ilhéus em absorver as demandas que eram atendidas no Hospital Regional, que tinha portas abertas para emergências. O modelo de assistência do Hospital Costa do Cacau é porta fechada, que atende apenas a demandas referenciadas (média e alta complexidades). Isso coloca em risco a saúde da população da região.

    Greve em pauta

    Diante da insensibilidade, indiferença e falta de diálogo da administração pública e da empresa Gerir, os trabalhadores e a população estão se mobilizando em defesa da saúde pública, com qualidade, dignidade e comprometida com o SUS.

    No próximo dia 28 de dezembro, às 15h, uma assembleia reunirá as diversas categorias envolvidas e setores da sociedade, no Hospital Luiz Filho, para discutir propostas de ações conjuntas no enfrentamento aos graves problemas com indicativo de greve em ambos os hospitais.

    Os sindicatos dos trabalhadores de saúde convidam as diversas categorias e demais interessados da sociedade civil organizada: vereadores, religiosos, lideranças comunitárias, clubes de serviço e demais entidades para esta assembleia.

    Participam da mobilização: Sindsaude, Sintesi, Seeb (Sindicato dos Enfermeiros), Associação dos Funcionários do Hospital Luiz Viana Filho, Sindimed, Sasb (Sindicato dos Assistentes Sociais), Sinsepi (Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus) e o Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus.

    Importante pontuar que estas instituições sindicais reconhecem a importância da nova estrutura inaugurada, entretanto, não se consegue fazer um hospital funcionar a contento apenas com aparelhos modernos e equipamentos novos, sem que nele atuem profissionais de saúde habilitados e que trabalhem com seus direitos assegurados.

    Todos juntos pela saúde pública de qualidade!

    mediacao-mpt-itabuna-2017-12-18

    Audiência de conciliação no MPT de Itabuna, no dia 18/12,
    voltou a discutir os problemas dos concursados do Hospital Regional

     



    Uma resposta para “População denuncia manipulação da saúde pública da região Sul da Bahia”

    1. Gilmar Bomfim disse:

      Essa Galera que ocupa o Poder sao bandidos que só pensam no bolso pessoal e do grupo de corruptos que os cercam.

      Que Saudade nos períodos dos anos 70 onde tudo foi criado, inclusive os Hospitais Públicos e Filantrópicos.

      Que esses safados hoje fecham.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.