Precarização do trabalho médico gera riscos no Hospital Geral de Vitória da Conquista

Postada em 19 de junho de 2020 as 16:05
Compartilhe:


 

O Sindimed-BA recebeu a informação de abuso de poder e precarização ainda maior do trabalho médico, não só no Hospital Ernesto Simões Filho, em Salvador, mas também no Hospital Geral de Vitória da Conquista. De acordo com denúncias, está havendo demissão de médicos contratados em regime CLT, com o intuito dos mesmos profissionais serem recontratados posteriormente por uma nova organização. Acontece que a nova contratação será por meio de vínculo acentuadamente mais frágil, de pessoa jurídica, PJ, do médico. Fomos informados de que a nova empresa que formalizará os vínculos dos médicos será contratada sem licitação. E que, ainda por cima, será contratada por meio de uma outra organização social, em um processo de quarteirização de serviços. O Sindimed vê com espanto essa ocorrência, em um momento de pandemia, em que, segundo o secretário da Sesab, faltam médicos. Tal desmonte do trabalho, tão necessário ao atendimento à população, causa um sério risco de desassistência.

O Sindimed-BA recebeu a informação de abuso de poder e precarização ainda maior do trabalho médico, não só no Hospital Ernesto Simões Filho, em Salvador, mas também no Hospital Geral de Vitória da Conquista. De acordo com denúncias, está havendo demissão de médicos contratados em regime CLT, com o intuito dos mesmos profissionais serem recontratados posteriormente por uma nova organização. Acontece que a nova contratação será por meio de vínculo acentuadamente mais frágil, de pessoa jurídica, PJ, do médico. Fomos informados de que a nova empresa que formalizará os vínculos dos médicos será contratada sem licitação. E que, ainda por cima, será contratada por meio de uma outra organização social, em um processo de quarteirização de serviços. O Sindimed vê com espanto essa ocorrência, em um momento de pandemia, em que, segundo o secretário da Sesab, faltam médicos. Tal desmonte do trabalho, tão necessário ao atendimento à população, causa um sério risco de desassistência.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.