Proteção aos médicos pode melhorar na UBS do Gravatá

Postada em 27 de agosto de 2020 as 22:11
Compartilhe:


Embora a Unidade Básica de Saúde do Gravatá, em Camaçari, não seja direcionada para atendimento à Covid, recebe demanda espontânea da população, com pacientes que podem estar infectados. É nesse sentido que a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna, alerta para a falta de fornecimento da faceshield (proteção acrílica de face) na unidade, que deveria completar o kit composto por máscara, capa e gorro, que estão sendo fornecidos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:



Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.