Ribeira do Pombal: médicos enfrentam impactos da Covid e atraso salarial

Postada em 7 de julho de 2020 as 09:35
Compartilhe:


Em visita ao Hospital Sta. Tereza (HGST), em Ribeira do Pombal, a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna, recebeu queixas dos médicos que lá atuam, principalmente em função do atraso dos salários. O último pagamento foi referente a abril. E embora a empresa gestora do hospital – o Consórcio Público Interfederativo de Saúde Nordeste II (COISAN) -, alegue atrasos no repasse das verbas oriundas do Governo do Estado, sabe-se que a cota de maio já chegou, mas até agora não foi repassada aos médicos.

Outro problema está sendo enfrentado pelos médicos afastados por terem contraído a Covid-19, que até o momento não receberam o benefício previsto pelo governo, referente aos 15 dias de afastamento. Ou seja, o governo não está cumprindo o que prometeu.

Atualmente são seis médicos nessa condição que estão afastados no Hospital Sta. Tereza (dois da UTI, três clínicos e um obstetra), cujas escalas estão sendo cobertas pelos colegas para que não fiquem totalmente sem vencimentos. Ao todo são 35 profissionais de saúde do hospital, incluindo os médicos enfermeiros e técnicos positivados para Covid. Houve ainda o registro de um caso de um médico obeso, que chegou a ter 50% de comprometimento do pulmão, mas fez tratamento precoce e evolui bem.

Sobre os Equipamentos de proteção individual (EPIs), os profissionais da unidade relatam que no início houve problemas com material, mas foi regularizado. Recebem o kit PFF-2 e máscara cirúrgica sem restrição. Entretanto, a falta de monitores e sala de reanimação com equipamento adequado permanece.

Nesse momento, Ribeira do Pombal contabiliza 150 casos confirmados de Covid-19, mais 45 em Cícero Dantas, totalizando mais de 300 em toda região. Embora o Hospital Sta. Tereza não seja referência, na medida em que uma UPA em Tucano foi designada para fazer a triagem dos casos positivos de Covid, a unidade acaba recepcionando pacientes que chegam por outros sintomas e quando testam dá positivo para Covid.

Na cidade, o prefeito abriu um posto específico para os casos suspeitos da doença.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.