Rui Costa prejudica servidor público e põe idosos em risco

Postada em 26 de outubro de 2020 as 12:00
Compartilhe:


O governador Rui Costa revogou o decreto que protegia os servidores públicos com mais de 60 anos ou que estavam em grupos de riscos por comorbidades. A nova ação do governador, que obriga todos os servidores que estavam em trabalho remoto a voltar para as repartições, coloca todos os servidores desse grupo específico, em risco de contrair uma doença que, para eles, pode ser fatal.

O Sindimed-BA, que vem em uma luta intensa, desde o início da crise pandêmica, para que a SESAB afaste do serviço na linha de frente os médicos do grupo de risco, se solidariza com as demais categorias do serviço público e exige que o governo reveja sua posição. O Estado tem o dever de proteger a vida de seus cidadãos e dos seus funcionários.

Todo o esforço que foi feito até aqui para conter a pandemia e proteger os mais vulneráveis, pode ser jogado fora por um simples ato de insensibilidade do governador Rui Costa. Governador, idosos e pessoas do grupo de risco também têm direito à vida.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:



Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.