• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    Salários continuam atrasando nas maternidades geridas pelo INTS

    Postada em 15 de março de 2018 as 19:13
    Compartilhe:


    Mais uma vez o problema dos atrasos salariais atinge os médicos das maternidades Tsyla Balbino, Iperba, Albert Sabin, HGE-2 e Hospital Roberto Santos. Em comum, essas unidades têm a empresa gestora: INTS. O Sindimed tem recebido inúmeras queixas de que o mês de fevereiro ainda não foi pago.

    No final de fevereiro, em reunião, o presidente do Sindimed, Francisco Magalhães já havia cobrado do subsecretário de Saúde do Estado, Adil Duarte, a regularização dos frequentes atrasos salariais. Na oportunidade, Duarte admitiu que a Sesab ainda não havia repassado as verbas para as empresas terceirizadas, mas que isso já estava sendo feito (leia AQUI a matéria).

    As maternidades públicas, que já vivem uma crise estrutural, não podem ser ainda mais penalizadas pela falta de compromisso das empresas gestoras. O Sindicato já enviou ofício à Sesab cobrando providências e, caso persista o problema, recorrerá também ao Ministério Público, para que seja apresentada uma solução definitiva para os atrasos.

    Embora o problema tenha sido tratado com o subsecretário de Saúde da Sesab, 
    no dia 26 de fevereiro, os atrasos salariais continuam


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.