Sesab: médicos aprovam assembleia permanente contra precarização dos contratos

Postada em 1 de abril de 2021 as 15:25
Compartilhe:


Por decisão unânime, em assembleia realizada no dia 30/03, o Sindimed-BA resolveu entrar em estado permanente de assembleia. O movimento se dá em reação à insistência do Estado da Bahia em contratar médicos somente pelo regime de pessoa jurídica. Além disso, o sindicato tem acompanhado com apreensão a ação das empresas administradoras terceirizadas que têm convidado os médicos contratados sob o regime CLT a assinarem suas rescisões. O motivo dessa atitude se dá em decorrência de uma decisão unilateral da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB). O Estado quer suspender todo contrato CLT a partir de maio desse ano.

O Sindicato dos Médicos da Bahia alerta a todos os profissionais médicos que esse movimento atentará para os artigos 48 e 49 do código de ética médico. Isso significa que aquele médico que assumir o posto de trabalho de um médico que for demitido por causa do movimento, responderá eticamente no Cremeb.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Saúde mental

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.