Sesab quer precarizar contratos na Albert Sabin

Postada em 17 de março de 2021 as 15:48
Compartilhe:


Chegou ao conhecimento do Sindimed-BA que, na maternidade Albert Sabin, a Sesab quer substituir os profissionais com contrato em regime de CLT por vínculos PJ que, como sabemos, são precarizados.

É lamentável que em plena pandemia, quando os médicos são demandados ao extremo, colocando suas vidas em risco constantemente, o Governo da Bahia ainda insista em desvalorizar a classe médica, propondo contratos que solapam os direitos dos profissionais.

Os médicos exigem respeito e precisam de vínculos seguros, que garantam mais estabilidade, especialmente num ambiente já com tantas incertezas.

O Sindimed não aceita NENHUM RETROCESSO!

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Saúde mental

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.