Sindime-BA visita o Hospital Universitário Professor Edgard Santos

Postada em 18 de março de 2021 as 09:54
Compartilhe:


Em visita ao Hospital Edgard Santos, no dia 12 de março, o Sindimed-BA, representado por sua presidente Dra. Ana Rita de Luna, constatou alguns problemas devido a uma obra inacabada.

Trata-se de uma passarela que faria a ligação da entre os dois prédios do Hospital. A obra, que foi iniciada em dezembro de 2020, está paralisada. A entrega da obra estava prevista para fevereiro deste ano, porém, até agora, mais da metade do mês de março, não há previsão para o fim da intervenção.

Isso tem causado diversos transtornos ao bom funcionamento da unidade hospitalar. A falta de conclusão da obra fez com que as crianças do bloco pediátrico, que encontra-se fechado, tivessem que ser transferidas para o bloco principal. Isso coloca pacientes adultos e infantis, com diferentes patologias e que necessitam de cuidados e atenções diferenciados, misturados em um mesmo ambiente. Além dos riscos iminentes à esse tipo de situação, essa condição causa uma falsa impressão de que existe uma ocupação hospitalar superior àquela que, de fato, há.

Outra situação preocupante é em relação aos funcionários. Havia, na ala pediátrica agora interditada, um pequeno refeitório que servia aos funcionários. Agora estes funcionários se vêm obrigados a pegar suas quentinhas na porta do bloco principal do Hospital, criando assim não só um incômodo a todos como também uma situação de risco alimentar muito grave.

No caso do bloco principal, a ocupação compartilhada com a pediatria tem causado outros problemas que também colocam em risco a saúde e até mesmo a vida dos funcionários e dos médicos que trabalham no local. O conforto médico, por exemplo, foi transformado em uma área de descanso para todos os funcionários do hospital.

O pequeno espaço agora é compartilhado, incluindo o sanitários, entre enfermeiros, fisioterapeutas e médicos de especialidades diferentes. Essa situação, em plena pandemia, coloca todos os funcionários em risco de contágio cruzado, não só por Covid-19, como por outras enfermidades também.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Saúde mental

Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.