Sindimed negocia pagamento de médicos com a prefeitura de Candeias

Postada em 25 de julho de 2017 as 19:34
Compartilhe:


O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, compareceu nesta terça-feira (25) à Secretaria de Saúde de Candeias para discutir a elaboração de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) destinado a garantir o pagamento atrasado de janeiro a abril deste ano para uma  parte dos médicos do Posto Médico Luiz Viana. Contudo, a totalidade dos médicos da unidade também precisa receber da prefeitura a diferença de valores pagos a menos nos salários e isto vem sendo igualmente negociado.

Francisco Magalhães e Claudia Bezerra discutiram com gestores municipais

Francisco Magalhães e Cláudia Bezerra (ambos à direita) conversaram com gestores municipais

A gestão da saúde do município era terceirizada através do Centro Médico Aracaju, mas o contrato foi rescindido após constatadas irregularidades. O Sindimed trabalha para garantir que a prefeitura de Candeias continue honrando com os pagamentos dos médicos do município até a implantação do Reda, o que deve ocorrer até o final do ano. O edital está em fase de elaboração e o interesse do sindicato é que seja mantida a contratação dos profissionais com base nos salários pagos durante o período de terceirização, até que seja implantado o Regime Especial de Direito Administrativo.

O Sindimed também negocia acordo judicial visando o pagamento dos médicos do Hospital Ouro Negro, que ainda estão sem receber dezembro de 2015 e uma parte das verbas rescisórias, um atraso que remonta à gestão do Centro Médico Aracaju. As negociações destinadas ao pagamento estão em fase avançada, segundo a advogada do Sindimed, Cláudia Bezerra. Trata-se de uma ação destinada a evitar mais um calote nos médicos em Candeias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.