Usuários cobram transparência da gestão do Planserv

Postada em 24 de julho de 2017 as 18:31
Compartilhe:


O recente e abrupto corte de atendimentos através do Planserv, acompanhado do anúncio de uma licitação para gestão do plano, levou os usuários a questionarem um possível desmonte do Planserv. A preocupação ganhou ainda mais repercussão após a denúncia dessa possibilidade, feita pelo Sindimed.

Diante da repercussão das denúncias, o Governo do Estado foi obrigado a emitir nota informando que o processo de licitação versa somente sobre a gestão do sistema sem interferir na sua estrutura.

Para o vice-presidente do Sindimed, Luiz Américo Câmara, o governo não é transparente. “Primeiro reajusta e limita o Planserv, com argumento de equilibrar as contas e ampliar serviços. Agora, de uma hora para outra, corta os serviços. Vamos cobrar explicações”, afirmou Américo.

O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, está em contato com outros sindicatos que representam funcionários do Estado, no sentido de travar um debate conjunto entre as diversas categorias profissionais sobre o Planserv.

Ameaça privatista

O viés privatista que vem sendo adotado pelo Governo da Bahia deixa os servidores em alerta para a possibilidade que este seja um primeiro passo rumo à privatização. Outro temor é a implantação do mesmo modelo verticalizado do HapVida, criticado por pacientes e profissionais. A HapVida é uma das empresas habilitadas para o certame licitatório anunciado.

O governo ainda deve explicações sobre o recente corte abrupto de serviços levando pacientes a terem seus exames e consultas negados sem nenhum aviso prévio. Tal situação vem após o governo aumentar o valor pago pelos servidores e restringir a extensão dos benefícios.

Em 2015, já no Governo Rui Costa, a coordenadora-geral do plano, Cristina Cardoso justificava o aumento como “mudanças necessárias para garantirmos a saúde financeira do plano”. O objetivo anunciado era de “melhorar a arrecadação e equilibrar as finanças do plano. Assim, a qualidade e a capacidade de atendimento serão ampliadas” afirmava Cristina.

 



Uma resposta para “Usuários cobram transparência da gestão do Planserv”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.