28/05 – Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna

Postada em 28 de maio de 2021 as 08:58
Compartilhe:


A mortalidade materna é um importante indicador da qualidade de saúde ofertada para as gestantes e é fortemente influenciada pelas condições socioeconômicas da população. Entre as principais causas de morte estão síndromes hipertensivas, hemorragia e infecção. Em média, 40% a 50% das causas podem ser consideradas evitáveis.
O Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna visa promover um debate em âmbito nacional sobre a importância dos cuidados para a saúde da mulher e fortalecer a necessidade de melhores políticas públicas que ajudem a garantir condições médicas de qualidade para as gestantes, como a melhor estrutura e funcionamento das maternidades no setor público.
Para reduzir os índices de mortalidade materna é importante que todas as gestantes tenham acompanhamento pré-natal. O objetivo principal da atenção pré-natal e puerperal é garantir o bem-estar materno e fetal. A equipe de saúde da Atenção Primária, sob coordenação do médico obstetra, deve acolher a mulher desde o início da gravidez.
A conscientização da população é também um fator importante, por isso o Sindimed-BA participa desta campanha divulgando e incentivando que a as gestantes procurem o serviço de acompanhamento pré-natal nas maternidades, façam todos os exames e garantam uma gestação tranquila e um parto seguro.

Fontes:
https://bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/2726-28-5-dia-internacional-de-luta-pela-saude-da-mulher-e-dia-nacional-de-reducao-da-mortalidade-materna
https://www.cfemea.org.br/index.php/colecao-femea/144-numero-160-abrilmaiojunho-de-2009/1322-dia-nacional-de-luta-pela-reducao-da-mortalidade-materna
https://www.calendarr.com/brasil/dia-nacional-de-luta-pela-reducao-da-mortalidade-materna/

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Vacinação

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:




Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.