• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    Greve dos médicos de Camaçari segue firme

    Postada em 5 de janeiro de 2018 as 10:10
    Compartilhe:


    A determinação de manter a greve foi mais uma vez reforçada em assembleia, na noite desta quinta-feira (4). Os informes deram conta de que a adesão ao movimento é intensa e conta com o apoio da comunidade. A população, que está cansada de sofrer com a estrutura sucateada das unidades de saúde, tem recebido positivamente a mobilização.

    Além das precárias condições de atendimento, que penalizam médicos e pacientes, a situação vem sendo agravada com a centralização dos serviços de saúde que a Prefeitura vem promovendo. Os médicos denunciam, por exemplo, o fechamento das farmácias nas Unidades de Saúde da Família. Além disso, a Secretaria de Saúde está restringindo o acesso a exames, limitando a periodicidade entre um e outro.

    O mais recente prejuízo que a população reclama é o fechamento da UPA Nova Aliança para transformá-la em unidade exclusivamente pediátrica, o que vai concentrar ainda mais os atendimentos. Essa política de assistência da Prefeitura é ainda mais perversa considerando que o município ocupa amplo espaço geográfico e tem um sistema de transporte precário, dificultando o acesso aos serviços e onerando o orçamento das famílias.

    Ampliar a greve

    Os grevistas estão convidando os não estatutários a aderirem ao movimento. Esse apoio deve se manifestar já com a participação na próxima assembleia, dia 10, quarta-feira, às13h30, no Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari.

    Os médicos participarão também da festa do padroeiro São Thomaz de Cantuária, no domingo, dia 7, quando se concentrarão na Cidade do Saber, às 15h, para, em seguida, acompanhar a procissão com camisas e faixas em defesa da saúde.

    para-site



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.