Incoerência reforça suspeita de retaliação em demissão na Central de Regulação

Postada em 17 de abril de 2020 as 17:47
Compartilhe:


Na segunda semana de abril, os médicos da Central de Regulação do Estado foram surpreendidos com a demissão de um colega, sem qualquer justificativa por parte da Sesab. O profissional é querido e visto pelos colegas como exemplo de conduta no trabalho. O Sindimed-BA publicou nota nas redes sociais criticando e estranhando a demissão, especialmente nesse grave momento em que a categoria está sob forte demanda da pandemia.
Ocorre que na semana seguinte à demissão, o Governo do Estado anuncia abertura de processo seletivo para preenchimento de 24 vagas na Central de Regulação. A pergunta que não quer calar é: como num serviço com déficit de pessoal o governo se dá ao luxo de demitir um profissional de forma arbitrária, sem apresentar qualquer explicação para tal atitude? É muita incoerência na gestão!

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.