Médicos da UPA Mãe Hilda, no Curuzú, agradecem ao Sindimed

Postada em 19 de outubro de 2020 as 10:16
Compartilhe:


Nós, médicos da unidade MÃE HILDA JITOLU, No Curuzu, agradecemos imensamente ao Sindicato dos Médicos, o Sindimed, por nossa grande conquista e sucesso no movimento do corpo clínico da unidade contra a desvalorização, o desrespeito e o assédio moral realizados pela EX-DIRETORA da unidade, Queila Alves Araújo.
A referida Diretora EXONERADA HOJE,16 DE OUTUBRO, assumiu a gestão da unidade em janeiro deste ano e, desde então, a unidade vem sofrendo com sucateamento, falta de insumos e materiais, infra-estrutura inadequada. No entanto, a situação tornou-se crítica após assédio e desmoralização da Enfermagem, dificuldade de acesso aos EPIs, falta de diálogo com a gestora, retaliações provocadas pela gestora e pela vice- diretora, Francisca Iaçodara, culminando com o desrespeito completo à classe médica e aos demais funcionários
Estivemos durante este periodo sob a gestão do medo, sendo vigiados, fiscalizados e destratados.
Houve perda da autonomia no nosso trabalho, remoção de colegas, substituição sob coação do nosso estimado coordenador, Rafique Vaz.
Após a forma assediosa que o coordenador foi retirado do seu cargo pela Diretora e pelo “colega” e novo coordenador médico, infringindo, inclusive o artigo 48 do Código de Ética Médica, os médicos da unidade resolveram dar um BASTA!!!
O corpo clínico se uniu e com o apoio incondicional do Sindimed e CREMEB, lutou de forma justa, organizada e legalizada em prol da dignidade e do respeito.
Agradecemos também aos colegas médicos que não aceitaram assumir postos de trabalho na unidade enquanto o movimento acontecia assim como aqueles que foram convidados para trabalhar na unidade e que nos contactaram e se uniram à nossa luta.
Foi árduo, perdemos alguns colegas, nos desgastamos muito.
Mas continuamos com o ânimo, a ajuda, a atenção, a disposição, a defesa jurídica e o crédito das Entidades de classe.

A luta ainda não acabou. Não nos sentimos representados pelo atual coordenador médico e nem pela “Vice-Diretora”.
Vamos lutar por um coordenador neutro, imparcial, sensato e consentido pelos médicos da unidade e pela SESAB.
Mas, o objetivo principal foi alcançado!!!

Agradecemos muito a todos os médicos da unidade pelo empenho, pelo esforço e por acreditarem que, unidos, coesos temos muita força e fazemos muito barulho.
Que este movimento sirva de lição e aprendizado a todos!!!

Em comemoração ao dia do médico, 18 de outubro, nós, médicos da Unidade Mãe Hilda Jitolu, fomos presenteados, atendidos e estamos muito felizes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:



Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.