Orientações aos médicos da Prefeitura sobre intimação do vínculo duplo

Postada em 18 de setembro de 2017 as 15:14
Compartilhe:


A intimação feita Prefeitura de Salvador aos servidores médicos com vínculos em outras esferas públicas gerou um sentimento de angústia e revolta entre os profissionais diante do seu caráter arbitrário. Conseguir a documentação solicitada dentro de um prazo de 10 dias corridos mostrou-se inviável pois muitos documentos dependem de outras esferas públicas as quais não disponibilizam rapidamente. A situação se agrava para os servidores mais antigos, concursados há mais de 30 anos, cuja documentação é praticamente impossível de se conseguir, levando parte deles, a apresentarem ansiedade, insônia e picos hipertensivos.

Diante desta situação, o Sindimed orienta os servidores a entregarem a documentação que conseguirem, mesmo que incompleta, registrando a impossibilidade de obtenção em tempo hábil. Em paralelo, o Sindimed fez uma representação no Ministério Publico questionando a medida da secretaria.

Por fim, uma assembleia dos médicos da Prefeitura de Salvador está sendo convocada para a próxima quarta dia 20, a fim de sanar eventuais dúvidas com a assessoria jurídica e decidir por um posicionamento coletivo da categoria. Na pauta também a proposta de corte da gratificação dos médicos REDA e o retroativo da promoção no PCCV.

Assembleia

Médicos da Prefeitura de Salvador

Pauta:

  – Intimação vínculo duplo

  – Corte gratificação REDA

  – Retroativo promoção PCCV
   

Data: 20/09, quarta

19:30h no Sindimed

 



2 respostas para “Orientações aos médicos da Prefeitura sobre intimação do vínculo duplo”

  1. Antônio Luiz Santos De Santana disse:

    Bom dia! Certo, agora desejo saber como pegar estes documentos na Prefeitura?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.