Prefeitura atropela direito dos servidores, mas luta pela progressão continua

Postada em 18 de junho de 2018 as 20:44
Compartilhe:


Sindicato nas ruas, em defesa dos médicos

 

Mais uma vez o Sindimed esteve presente nas manifestações, em frente à Câmara Municipal, nesta segunda-feira (18), reforçando a luta contra a retirada de direitos dos servidores. Ao longo de toda tarde as ruas em frente à Câmara e Prefeitura ficaram tomadas pelos manifestantes.

A eloquência da voz dos trabalhadores, entretanto, não foi suficiente para barrar a Mensagem nº 06/18, do prefeito ACM Neto, mantendo o Artigo 13, que extinguiu a progressão automática dos servidores da Saúde, sem assegurar a implementação das avaliações de desempenho, previstas na lei 7867 que, desde 2010 nunca saíram do papel.

No embate do legislativo municipal, além do bloco de oposição, apenas os vereadores Cezar Leite e Ana Rita Tavares, da base aliada ao prefeito, votaram em defesa dos servidores, atitude de coragem e compromisso que merece ser aqui destacada.

O revés, porém, não arrefece a luta dos médicos e dos servidores da Saúde, que seguem empenhados para que a regulamentação das avaliações assegurem, a partir de agora, a progressão nas carreiras do município. Ao contrário do que afirmou o prefeito, os servidores nunca se negaram a fazer avaliação.

Nesta terça-feira, dia 19, às 19h, no Sindimed, os médicos da Prefeitura voltam a se reunir para definir os próximos passos dessa luta pelo direito à progressão.

Participar é fundamental. O futuro profissional está em jogo.

 

Nem mesmo a multidão que ocupou a frente da Câmara foi ouvida pelo prefeito e vereadores que lhe dão sustentação


Uma resposta para “Prefeitura atropela direito dos servidores, mas luta pela progressão continua”

  1. […] Relembre o movimento dos médicos do município contra o desmando do prefeito ACM Neto. Clique aqui. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by Ajaxy

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.