Reposição de profissionais e reformas precisam ocorrer logo na UBS Gleba B de Camaçari

Postada em 27 de agosto de 2020 as 11:39
Compartilhe:


Em visita à Unidade Básica de Saúde da Gleba B, em Camaçari, nesta quarta-feira (26), a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna, pode identificar a necessidade de substituição imediata dos profissionais que foram afastados durante a pandemia. Com equipes compostas por pediatra, clínico e ginecologista, alguns dias estão desfalcados de pessoal pelo afastamento de médicos mais velhos, sem reposição por mais jovens.

Aliada à necessidade de recomposição das equipes, foi identificado também que é urgente uma boa reforma nas instalações físicas, uma vez que em decorrência da antiguidade do imóvel, há sinais evidentes de infiltrações e desgastes. Além disso, há outros descuidos com a manutenção, a exemplo do mato que cresce na entrada, por onde passam os pacientes.

Embora a unidade não seja direcionada para atendimento a pacientes com suspeita de Covid. No início da pandemia os médicos relatam que não houve o adequado fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), situação que agora está normalizada.

Os atendimentos, também mais restritos no início, estão sendo normalizados. Os pacientes respondem a um questionário na triagem e só entram quando não têm queixa respiratória.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:



Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.