Sindimed cobra transferência de médicos do Hospital Luiz Viana para o Costa do Cacau

Postada em 27 de setembro de 2017 as 14:44
Compartilhe:


Sindimed denuncia orientação da gestão aos médicos do Hospital Luiz Viana para que deixem de prestar serviço à população da cidade de Ilhéus e região. Ofício questionando a medida foi enviado ao governador do estado e o ocorrido foi comunicado a diversas entidades representativas dos médicos.

Os médicos do hospital Regional Luiz Viana Filho, em Ilhéus, foram surpreendidos, ontem (26), ao chegarem aos postos de trabalho, por uma Circular Interna do diretor do hospital, Cláudio Augusto da Silva Moura Costa, induzindo os profissionais estatutários a solicitarem transferência para outras unidades hospitalares da Sesab. A notícia caiu como uma bomba para os médicos já que os mesmos salientaram que não pretendem deixar de prestar serviço de saúde à população da região. O Sindimed encaminhou ofício ao governador e entidades representativas dos médicos denunciando o caso.

print_costa-do-cacau

O Sindimed tem acompanhado de perto o impasse da transferência dos médicos 

 

O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, afirmou que essa atitude se configura em um grande equívoco da administração do hospital. O presidente lembrou que reiterada vezes foi garantido pela administração da Sesab que todos os profissionais da unidade seriam transferidos para o Hospital Costa do Cacau, que deverá ser inaugurado nos próximos dois meses. Ficou acertado também que apenas os médicos pediatras ficariam no Hospital Luis Viana, que tem a promessa de ser transformado em uma unidade materno-infantil.

“Todos nós fomos surpreendidos, porque há um ano estive em Ilhéus para verificar de perto a situação e na ocasião o secretário de saúde, Fabio Vilas-Boas, garantiu que o Hospital Costa do Cacau seria ocupado pelos profissionais do Luis Viana e a mão de obra restante seria contratada via empresa terceirizada. Isso rompe completamente com o que foi acordado”, contou Francisco. O presidente afirmou ainda que há 15 dias, em conversa com o subsecretário, Dr. Adil Duarte, os mesmo informou que os profissionais sesabianos seriam mantidos no Hospital Costa do Cacau. 

Médicos fazem abaixo-assinado e querem ficar na região

Os profissionais procuraram o Sindimed a fim de esclarecer que não pretendem deixar a região, porque já estão adaptados  e já sabem as necessidades da população. Alguns médicos atuam no Luis Viana há mais de 30 anos. Se acatarem os termos da administração do hospital, os médicos terão de ser realocados para outras unidades de saúde da Sesab. Isso é uma incoerência tendo em vista que um novo equipamento está na iminência de ser inaugurado. Conforme já foi constatado, nas diversas propagandas feitas pelo governo do estado, o Hospital Costa do Cacau tem capacidade de absorver a mão de obra qualificada do Luiz Viana e ainda terá vagas para outros profissionais. 

Hospital Luiz Viana sofre com descaso

Enquanto o Hospital Costa do Cacau não vem, o Hospital Luiz Viana é abandonado à própria sorte. Com mais de 40 anos, o equipamento, que tem a promessa de se transformar em uma unidade materno-infantil, possui residência médica, teve e tem um papel importante na formação dos profissionais e na saúde da população da região, mas infelizmente amarga o descaso dos gestores. Mesmo tendo papel estratégico na região atendendo casos graves, referência para toda a região cacaueira, médicos relataram que o hospital tem acumulado precariedades, é o caso da falta de insumos básicos como fio de sutura, medicamentos, entre outros problemas. Atualmente os hospital atende urgência cirúrgica, ortopédica, pediátrica, entre outros procedimentos.

 Confira a circular:

whatsapp-image-2017-09-27-at-09-28-07

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.