• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    Teixeira de Freitas: força-tarefa exitosa na regularização da contratação de médicos

    Postada em 1 de fevereiro de 2018 as 18:48
    Compartilhe:


    Reunião na Promotoria Regional de Justiça de Teixeira de Freitas, no dia 31 de janeiro, deu continuidade às discussões sobre a necessidade de acabar com os vínculos trabalhistas precários e regularizar a contratação de médicos aprovados em concurso público.

    Uma força-tarefa, constituída a partir da iniciativa do Sindimed em buscar solução para os vínculos contratuais vem obtendo significativos avanços e vai prosseguir com os trabalhos. Nova reunião já ficou agendada para o dia 27 de março.

    A reunião desta semana deu continuidade às discussões iniciadas em 21 de novembro do ano passado, quando foi constituído esse coletivo de entidades que compõe a força-tarefa. De lá pra cá vem sendo feito um esforço concentrado para solucionar os problemas da saúde na região.

    Além disso, as ações do Sindimed já garantiram o bloqueio de verbas para quitar o que não foi pago em 2017. Já foi peticionada à Vara do TRT de Teixeira de Freitas a efetivação do pagamento aos médicos.

    Contratação de médicos

    Ficou definido que os aprovados no concurso público serão convocados até 28 de fevereiro e que não permanecerão contrato de Pessoa Jurídica (PJ) no lugar de concursados. O procurador do MPT, Italvar Medina, reafirmou a necessidade de substituição das PJ e sinalizou para assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), como foi discutido na reunião de novembro.

    Segundo João Carlos Vieira, secretário de Administração e Finanças do Município, a Secretaria de Saúde já demandou a nomeação de cinco médicos (endocrinologista, anestesista, cirurgião, oncologista e ortopedista). Vieira assinalou preocupação em obedecer a estudo de regularização dos serviços médicos.

    O procurador do município, Ivan Holanda, disse que a convocação de apenas cinco médicos até o momento se deu por limitação orçamentária.

    A advogada do Sindimed, Cláudia Bezerra, cobrou a contratação de todos os aprovados no concurso, não apenas em respeito ao edital, mas em atenção à população, cujas demandas são crescentes.

    O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, lembrou que após a chamada dos concursados, até 28 de fevereiro, novo concurso deve ser aberto porque Teixeira de Freitas é um polo de atendimento à saúde da população e a demanda da região é grande.

    Magalhães chamou atenção ainda para o sucateamento dos equipamentos, falta de estrutura e materiais, e voltou a cobrar melhores condições de trabalho. “É inadmissível que os aparelhos de ressonância e tomografia do Hospital Municipal permaneçam quebrados”, afirmou.

    Agentes comunitários

    Na reunião, a Promotoria de Justiça posicionou-se quanto à denúncia que recebeu sobre uma possível irregularidade na convocação dos aprovados como agentes comunitários de saúde. O procurador do Município, Ivan Holanda, disse desconhecer isso, mas vai considerar a denúncia levantada pelo promotor de Justiça, George Elias Pereira, do Ministério Público do Estado.

    O presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Felix, disse que a seleção pública foi para o cadastro reserva, mas registrou que ações da comunidade conjugadas com a luta do Sindimed, já garantiram que fossem chamados 24 agentes comunitários.

    A reunião contou ainda com as presenças do procurador da República André Luis Caselli (MPF), do diretor regional do Sindimed no Extremo Sul, Fernando Corrêlo e de assessoras da Secretaria de Saúde do município.

    ————————————————————————————————————————–

    Reunião com sesabeanos em Eunápolis

    Na mesma viagem, o Sindimed fez reunião  com médicos da Sesab, em Eunápolis, quando foram discutidas questões referentes aos salários e situações precárias vividas na região. Na foto sesabeanos conversam com o presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, com Fernando Corrêlo, diretor regional do Sindicato, e com a advogada da entidade, Cláudia Bezerra.

     



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.