• Sindicato dos médicos
    Sindimed Sindimed

    TERMINA EM JUAZEIRO GREVE DE 48 HORAS, MAS CATEGORIA MANTÉM ESTADO DE ASSEMBLEIA

    Postada em 27 de abril de 2016 as 18:57
    Compartilhe:


    Mesmo após terminada a paralisação de 48 horas dos médicos do Hospital Regional de Juazeiro, a categoria permanece em estado de assembleia como forma de pressionar a liberação da segunda parcela do salário, referente ao mês de março. O estado creditou o primeiro dos dois repasses necessários à atualização do pagamento de pessoal e aquisição de insumos, que deverá estar desbloqueado no dia 28/04 (quinta-feira).



    Instituição é referência para 53 municípios do norte baiano

    A greve de 48 horas foi iniciada no dia 26. No dia 27, a liderança do movimento foi informada de que a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) havia creditado o repasse referente a fevereiro. Segundo o delegado sindical José Carlos Tanure Júnior (que não precisou o valor liberado) agora é necessário creditar R$ 3.719.000 destinados ao mês de março. Ele não descarta a possibilidade de uma nova paralisação caso o estado dificulte a liberação deste valor, pois a carência financeira prejudica ainda mais a qualidade do atendimento. 

     
    Os dois dias de protesto afetaram os serviços de ambulatório, cirurgias eletivas, regulações provenientes da central interestadual de leitos e atendimentos básicos do Samu. Foram mantidos os atendimentos de urgência e emergência demandados pelo Samu (ambulâncias avançadas) e a demanda espontânea. A estimativa é de que sejam 75 os médicos contratados em regime de CLT no hospital de Juazeiro, referência em atendimento para cerca de 53 municípios do entorno.


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



    sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.