Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher

Postada em 10 de outubro de 2020 as 05:55
Compartilhe:


O Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher foi criado para alertar a sociedade sobre a importância de conter a violência por recorte de gênero. O dia 10 de outubro foi escolhido porque nessa data, em 1980, manifestantes ocuparam as escadarias do Teatro Municipal de São Paulo, em protesto contra o crescente índice de crimes contra mulheres em todo o Brasil.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a violência psicológica a maneira mais frequente de agressão à mulher, sua banalização é apontada ainda como estímulo a uma espiral de violências, podendo levar ao que se convencionou chamar de feminicídio, ou seja, mortes intencionais e violentas de mulheres em decorrência de seu sexo.

No Brasil, em 2013, as brasileiras e estrangeiras em território nacional passaram a contar com a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, que foi transformado em disque-denúncia, em março daquele ano.

Em 2006 já havia sido sancionada a Lei Maria da Penha, que criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher. A legislação é conhecida por 98% da população brasileira e, por causa dela, foi estruturada a rede de atendimento especializada para as mulheres vítimas de violência. Essa rede inclui agentes governamentais, não-governamentais e conta com serviços/programas voltados para a responsabilização dos agressores além de serviços especializados no atendimento às mulheres em situação de violência.

(Fontes: Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Agência Brasil)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Seguro Saúde

Perdeu seu posto de trabalho?

COVID-19 EPIs

Denuncie quem não paga:

Acompanhe o Sindimed:

    


  • sindimed.com.br ©2019 Todos os direitos reservados.